Title Image

Blog

Medicina Baseada em Evidências (para o leigo) – Parte 3

1 – Erros são inevitáveis…

Acreditar, inocentemente, que os resultados dos trabalhos científicos, simplesmente pelo fato de terem esse rótulo, serem inequívocos, é um um erro crasso.

Na medicina a maior parte dos estudos trabalha com uma probabilidade de erro tipo 1 (a) ou falso positivo de 5%( para os profissionais da área esse é o famoso p que mostra a significância estatística). O erro tipo 2 (b) ou falso negativo apresentado habitualmente de forma menos explícita, nos bons estudos, gira na faixa de 20%.

Uma coisa interessante é o fato de a tentativa de reduzir um tipo de erro, acaba aumentando a chance do outro.

Erros são inevitáveis. Como resolver isso?

Valorizando o conjunto das evidências, sabendo avaliar criticamente o poder de cada estudo em responder sua pergunta, não tirando conclusões com inferência causal de estudos observacionais, e principalmente, sabendo que ciência é uma verdade dinâmica; ou seja, sendo humilde para assumir erros passados e mudar!

Postar um comentário