Title Image

Blog

Série: O mistério da dieta low carb: ela é perigosa? – Parte 5

5) Cérebro

A glicose é fundamental para a função cerebral, certo? Partindo desse paradigma, a dieta low carb poderia ser uma estratégia catastrófica para o ser humano, mas muitos adeptos referem, inclusive, uma maior clareza mental após o período de adaptação.

Em 1973 foi publicado uma experiência bem sucedida de jejum terapêutico de (pasmem!!!) 382 dias (Pos Gra Med Journ, Mar). Perda com sucesso de 124 Kg (60% do peso corpóreo).

Vejo o jejum intermitente como uma ótima ferramenta terapêutica, mas não há necessidade de exageros como na citação prévia. Isso serve somente para mostrar que, de alguma maneira, nosso corpo mantem o funcionamento cerebral mesmo sem o bizarro consumo de carboidratos a cada 3 horas.

Como explicar isso ?

Há gorduras e proteínas essenciais, mas não carboidratos. Isso implicitamente mostra a capacidade adaptativa do cérebro. Tecnicamente explica-se pela gliconeogênese e o uso de corpos cetônicos como fonte energética.

Cérebro, medular renal, eritrócitos, córnea, testículos prioritariamente utilizam a glicose como fonte de energia; mas quem disse que essa ela precisa vir da dieta ?

A gliconeogênese, que ocorre no fígado e nos rins, refere-se à transformação de precursores não glicídicos (lactato, glicerol, aminoácidos) em glicose. Sim! Nosso corpo é capaz de produzir glicose de forma endógena. Além disso, consegue utilizar corpos cetônicos, como fonte enérgica, com efetividade maior de acordo com sua disponibilidade, que aumenta bastante em dietas ricas em gorduras.

A restrição aguda de carboidratos pode cursar com a gripe low carb. Redução nos níveis de insulina, com perda de sódio e água pelos rins, pode promover uma desidratação com sintomas múltiplos (dor de cabeça, mal estar, fraqueza, irritabilidade).

Dica do médico: para minimizar os sintomas da gripe low carb garanta uma boa hidratação e não restrinja o consumo de sal; pelo contrário, tempere sua comida de verdade com um salzinho extra.

Semana que vem tem mais.

#lowcarbéperigosa? #MBE #cérebro #corposcetônicos #gliconeogênese #gripelowcarb

Postar um comentário