Title Image

Blog

Série: O mistério da dieta low carb: ela é perigosa? – Parte 8

Parte 8: Rins

Se eu recebesse R$ 1,00 por cada vez que me perguntam se a dieta da proteína não vai acabar com os rins, eu teria, provavelmente, conquistado minha independência financeira.

Felizmente vocês já sabem que a estratégia low carb não precisa ser hiperprotéica, certo? Mas e se fosse?

Uma revisão sistemática de 9 trials (British Journal of Nutr, Abr/16) envolvendo 1000 pacientes com função renal normal, comparando dietas com baixo x alto teor em proteínas, não mostrou prejuízo para os rins em pessoas que ingeriam uma maior carga proteíca. Na realidade, houve inclusive, uma leve tendência protetora.

Existe sim a hipótese da proteína poder ser diretamente lesiva aos rins, mas minha impressão é tratar-se de uma falácia lógica. Rins doentes não suportam muita proteína, assim como um coração doente não tolera exercício físico. Nem por isso dizem que treinar faz mal para o coração. Percebem a diferença?

O censo da SBN mostra que, em média, 65% dos pacientes em diálise no Brasil, têm como causa base diabetes ou pressão alta. Nunca vi um dialítico tendo o consumo excessivo de proteínas como etiologia da disfunção renal. Só se for um cisne negro…

Low carb é uma ótima estratégia no tratamento da síndrome metabólica. Fato! E como ficam os pacientes com algum grau de disfunção renal, mas ainda sem necessidade de diálise?

Um ECR (Diabetes, V.52, mai/03) com 191 pts. diabéticos tipo 2, creatinina média de 1,8 e acompanhamento de 3,9 anos comparou dieta pobre em carboidratos x proteínas. O resultado? O grupo LC evoluiu com uma redução absoluta de risco de 19% para o desfecho composto morte + necessidade de diálise.

Dica do médico: apesar da low carb ser uma estratégia espetacular no tratamento da síndrome metabólica, caso você tenha uma disfunção renal estabelecida, é importante o acompanhamento profissional de um nefrologista e uma nutricionista. Interessante que tenham experiência com renais crônicos e sem preconceitos com low carb.

 

Postar um comentário